• planejamento e gestão

      Sobretudo nas últimas décadas, o planejamento urbano no Brasil vem se consolidando como um instrumento de gestão fundamental para a formação de cidades mais justas e viáveis. Seu entendimento com…

  • estudos e projetos

      O diferencial dos estudos e projetos urbanísticos que o GTA desenvolve está, sobretudo, nos processos empregados, que não se limitam ao entendimento das condições físicas e de salubridade de um d…

  • desenvolvimento social e participação

      A troca de saberes e experiências entre a equipe técnica e a comunidade permeia a maioria dos trabalhos desenvolvidos pelo GTA. Além da interação constante junto aos moradores, os processos parti…

  • assistência técnica

      Os programas de assistência técnica constituem ações recentes em nossas políticas públicas. Trata-se de processos participativos em sua essência, que reconhecem o protagonismo social na construçã…

planejamento e gestão

 

Sobretudo nas últimas décadas, o planejamento urbano no Brasil vem se consolidando como um instrumento de gestão fundamental para a formação de cidades mais justas e viáveis. Seu entendimento como um processo multidisciplinar complexo, necessariamente participativo, confere novas referências aos planos diretores e setoriais, área na qual o GTA procura atuar, buscando sempre a elaboração de propostas intimamente comprometidas com as realidades dos territórios e com os atores que aí transitam. 

Neste sentido, o GTA vem trabalhando na construção de ferramentas que permitam não só aproximar cada vez mais os diagnósticos técnicos às realidades das populações, como também conferir a planos urbanísticos potencial de planos de ações. Além de atuar em projetos de planejamento urbanístico e setorial, o GTA vem se especializando também no apoio à implementação de planos e programas, fornecendo suporte técnico a gestões públicas em diferentes esferas administrativas. 

Principais ações desenvolvidas nessa área de atuação:

– Planos urbanísticos;

– Planos de habitação de interesse social e/ ou regularização fundiária; 

– Planos de manejo ambiental, saneamento e infraestrutura integrada (saneamento e gestão de risco);

– Planos de desenvolvimento estratégico;

– Planos de transporte e acessibilidade;

– Sistema de informações e georreferenciamento;

– Suporte técnico à implementação de planos urbanísticos e setoriais.

 

     

assistência técnica

 

Os programas de assistência técnica constituem ações recentes em nossas políticas públicas. Trata-se de processos participativos em sua essência, que reconhecem o protagonismo social na construção de nossas cidades. Em última análise, estes programas promovem a criação de instâncias de diálogo entre o saber técnico do arquiteto-urbanista com os diferentes saberes das comunidades envolvidas, visando a superação da precariedade.

Apoiando-se numa estrutura multidisciplinar, o GTA vem se especializando em projetos de assessoria técnica arquitetônica, jurídica e social a movimentos sociais, associações de bairros e comunidades organizadas, buscando processos de projeto compartilhados, nos quais se busca o empoderamento da população para a tomada de decisões. Para tanto, aspectos de viabilidade técnica e executiva e relação custo benefício são atreladas às prioridades dos usuários, de modo a ajustar as ações às reais demandas locais.

Principais ações desenvolvidas nessa área de atuação:

– Programas de autoconstrução assistida e melhorias habitacionais;

– Assistência técnica, jurídica e social a movimentos sociais, associações de bairro e cooperativas a respeito de projetos e programas habitacionais, urbanísticos, ambientais e de saneamento;

– Acompanhamento e gerenciamento de obras, projetos e programas.

 

     

desenvolvimento social e participação

 

A troca de saberes e experiências entre a equipe técnica e a comunidade permeia a maioria dos trabalhos desenvolvidos pelo GTA. Além da interação constante junto aos moradores, os processos participativos requerem ações de formação e disponibilidade para o diálogo, tanto por parte dos técnicos quanto por parte da população. 

Nesse sentido, o GTA busca aprimorar constantemente as ferramentas de comunicação direta entre os técnicos e a comunidade – nem sempre compatíveis com a linguagem mais especializada – garantindo aos representantes dos movimentos e demais agentes sociais o tempo necessário à assimilação de planos e projetos.

Nesse sentido, o GTA busca aprimorar constantemente as ferramentas de comunicação direta entre os técnicos e a comunidade, fornecendo aos representantes de movimentos e demais agentes sociais subsídios básicos para um debate legítimo a cerca das questões que afetam cada comunidade.

Principais ações desenvolvidas nessa área de atuação:

– Estruturação e Gerenciamento de processos participativos;

– Cadastro de demanda para a provisão de novas unidades e melhorias habitacionais;

– Formação e capacitação de educadores e agentes comunitários; 

– Promoção de campanhas relacionadas aos direitos humanos, questões de gênero, cidadania, ética, paz, direitos da mulher, da criança, enfim, todos os direitos universais descritos na Constituição Federal através de oficinas, palestras, seminários e etc.

– Elaboração e implantação de planos de desenvolvimento econômico e social através de sistemas alternativos de produção, comércio, emprego e crédito através da articulação de ações envolvendo órgãos públicos, entidades e empresas;

– Avaliação pós-ocupação de empreendimentos habitacionais e urbanísticos;

– Mediação de conflitos.

 

     

estudos e projetos

 

O diferencial dos estudos e projetos urbanísticos que o GTA desenvolve está, sobretudo, nos processos empregados, que não se limitam ao entendimento das condições físicas e de salubridade de um determinado território ou conjunto de edificações, estando intimamente ligadas aos processos de formação e de participação.

Neste sentido, as propostas – que vão desde alternativas técnicas para empreendimentos habitacionais, passando por projetos de saneamento, destinação de resíduos sólidos, preservação ambiental e recuperação de áreas degradadas - são elaboradas a partir do diálogo com a comunidade envolvida e da análise dos dados técnicos coletados, estando o detalhamento executivo atrelado à discussão e aprovação junto aos moradores e demais participantes do processo.

Principais ações desenvolvidas nessa área de atuação:

– Projetos de urbanização de áreas precárias; 

– Projetos de melhorias habitacionais e provisão de novas unidades;

– Regularização fundiária de favelas, loteamentos e conjuntos.

 

      

Additional information